>

Palavras Exiladas No Facebook

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Inato Destino

Mais uma noite
Sentimento Inefável
Difere, é incomum

Não dá com a malemolência
Que reina gradativamente

A capacidade de igualar
Assemelha-­se a de uma utopia
Se tornar realidade física

É assim, e talvez não irá mudar
Qual fora o martírio, ou pecado?

Sabe­-se lá....
Em suma, há de ser
Embora soe inverossímil
Planeios pérfidos

De um destino implacável

Nenhum comentário:

Postar um comentário